Como atua um dispositivo de libertação hormonal?

O Mirena® liberta quantidades reduzidas de um produto similar à progesterona, o levonorgestrel na cavidade uterina.

A dose de hormona libertada é de 20mcg, durante 24 horas, o que representa 20 a 100 vezes menos da quantidade libertada pelas pílulas contracetivas. Nestas, as doses hormonais tendem a ser maiores porque as mesmas são metabolizadas no intestino e no fígado antes de entrar na circulação sistémica.

O Mirena® funciona desde o primiero dia e por 3 mecanismos:

  1. Espessando o muco cervical para atuar como barreira, portanto o esperma não fertiliza os óvulos; existindo alguma proteção para as infeções, tendo em conta que o esperma pode transportar bactérias;
  2. O endométrio torna-se mais fino e não sofre alterações para a implantação do ovo. Como não existe o desenvolvimento do endométrio, as menstruações são ligeiras e podem diminuir de volume ou inclusivamente não ocorrer perdas menstruais;.
  3. A viabilidade e a mobilidade dos espermatozóides é afetada pelo levonorgestrel..

Mirena_Wirkung-pt

Estes efeitos regridem assim que o dispositivo é removido. As mulheres podem engravidar um mês depois da remoção do Mirena®.