Eventuais desvantagens

O Mirena® na maior parte dos casos é bem tolerado. Garante a proteção em relação à gravidez com dose hormonal inferior à pilula ou a injeção trimestral e atua diretamente no endométrio.

Nos primeiros 3 a 6 meses após a aplicação, podem ocorrer os seguintes efeitos adversos: dor abdominal ligeira, dores de cabeça, tensão mamária, náuseas, acne ou alterações do humor. Estes sintomas melhoram com a adaptação inicial. O quadro revela a frequência dos efeitos secundários nos primeiros meses posteriores à colocação.
Mirena_Nebenwirkungen-pt

(Source: Andersson K, Odlind V, Rybo G. Contraception 49: 56-72, 1994)

Após a fase de adaptação, para uma amostra da população de 100 mulheres com o dispositivo hormonal:

  • 2 podem ter fores abdominais; 98 não referem queixas abdominais
  • 1 a 2 apresentam cefaleias; 98 a 99 não apontam esta queixa.
  • 1 mulher surge com alterações do humor; 99 negam alterações do humor
  • 1 a 2 mulheres referem acne; 98 a 99 mulheres não relatam acne.

Á medida que o dispositivo de libertação hormonal atua no endométrio, as ovulações persistem e as alterações do humor podem estar associadas às ovulações.

Existem estudos que mostram que as mulheres que apresentam queixas relacionadas com o humor, eram sintomáticas antes da aplicação do Mirena® e que este altera ligeiramente o padrão das queixas. Estas podem surgir em mulheres que as referiam com a toma das pílulas para melhorar a síndrome pré-menstrual. No entanto na vida das mulheres existem outros fatores que podem causar queixas psicogénicas: stress, doenças concomitantes, dificuldades nas relações sociais, conflitos pessoais; nas condições referidas a aplicação do dispositivo hormonal pode não ter influência exclusiva.

Se tiver problemas de pele, com este dispositivo continuará a apresentar os mesmos problemas.

Se antes da colocação do dispositivo de libertação hormonal, utilizou a pílula para melhorar as queixas da pele, tenha a noção de o dispositivo por não apresentar uma combinação hormonal, não irá beneficiar a sua pele.

Em relação à presença de quistos dos ovários, existem estudos que mostram que o Mirena® pode aumentar o volume dos foliculos em 12% dos casos; tais folículos são benignos e não possuem repercussões significativas e desaparecem de forma espontânea.

As complicações nas utilizadoras do dispositivo hormonal são raras. Se apresentar dores abdominais persistentes, o seu dispositivo intra-uterino pode estar deslocado. Perdas menstruais mais abundantes e dores abdominais raramente estão associadas com gravidez ectópica (acontece quando o ovo é implantado fora da cavidade uterina). Os resultados de estudos clínicos revelam que em 1000 mulheres que utilizaram este dispositivo por um ano, surgem 2 casos de gravidez ectópica, tão raro como acontece nas mulheres que foram submetidas a esterilização cirúrgica.